Foto: Elson Sempé Pedroso

O objetivo do evento é compartilhar a experiência do Projeto Direito no Cárcere.

 

Quando: dias 16 e 17 de novembro de 2017

Horário: veja abaixo

Onde: na Univates, veja abaixo (rua Avelino Talini, n.º 171, bairro Universitário, Lajeado)

 

Investimento: a inscrição e o certificado de participação são gratuitos. Para se inscrever e ter acesso ao documento, siga os passos descritos abaixo, no item Inscrições e certificado de participação.

 

Programação

16/11 – 19h10min às 22h30min – Palestra Contribuições do Projeto Direito no Cárcere: a participação cidadã na gestão pública (auditório do Prédio 7 da Univates)

17/11 – 8h20min às 11h30min – Oficina: Como tirar um projeto social do papel? O que preciso fazer, como engajar pessoas e seguidores para promover ações coletivas? (sala 300/7)

 

Público-alvo: estudantes da Univates.

Coordenação do evento: a atividade é organizada pelo colegiado do curso de Direito, vinculado ao Centro de Ciências Humanas e Sociais  da Univates.

Número de vagas: são oferecidas 150 vagas.

Informações: para mais informações sobre a dinâmica da atividade, contate a organização do evento pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5091.

 

Portal de Inscrições e certificado de participação em atividades de extensão

Inscrições e certificado de participação:

  1. Para inscrever-se no evento, clique no botão de inscriçõeson-line: você será direcionado ao processo de inscrição correspondente no Portal de Inscrições. A partir disso, siga os passos indicados na página.
  2. O certificado de participação é gratuito e pode ser impresso 14 (catorze) úteis após a realização do evento, por meio do Portal de Inscrições da Univates: clique no botão de inscrições acima e escolha o sistema – Portal de Inscrições ou Sistema de Eventos –, de acordo com a data do evento do qual você busca o certificado. Eventos que ocorrem em mais de uma data terão seus certificados liberados 14 (catorze) úteis após o último dia de atividades.
  3. Não esqueça de assinar a lista de presenças e/ou efetuar o registro de presençaonline, apresentando seu Cartão Institucional na entrada do evento, em todas as atividades nas quais você participar.
  4. O registro de presenças se encerra, para eventos que ocorrem nos auditórios da Univates, 45 minutos após o horário previsto para o início do evento.
  5. Alunos da Univates devem levar seu Cartão Institucional para registrar sua presença.

Em caso de dúvidas sobre o Portal de Inscrições e certificados, contate o Setor de Cultura e Eventos da Univates pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5944.

Foto: Elson Sempé Pedroso

 

O objetivo do evento é compartilhar a experiência do Projeto Direito no Cárcere.

 

Quando: dias 16 e 17 de novembro de 2017

Horário: veja abaixo

Onde: na Univates, veja abaixo (rua Avelino Talini, n.º 171, bairro Universitário, Lajeado)

 

Investimento: a inscrição e o certificado de participação são gratuitos. Para se inscrever e ter acesso ao documento, siga os passos descritos abaixo, no item Inscrições e certificado de participação.

 

Programação

16/11 – 19h10min às 22h30min – Palestra Contribuições do Projeto Direito no Cárcere: a participação cidadã na gestão pública (auditório do Prédio 7 da Univates)

17/11 – 8h20min às 19h20min – Oficina: Como tirar um projeto social do papel? O que preciso fazer, como engajar pessoas e seguidores para promover ações coletivas? (sala 300/7)

 

Público-alvo: estudantes da Univates.

Coordenação do evento: a atividade é organizada pelo colegiado do curso de Direito, vinculado ao Centro de Ciências Humanas e Sociais  da Univates.

Número de vagas: são oferecidas 150 vagas.

Informações: para mais informações sobre a dinâmica da atividade, contate a organização do evento pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5091.

 

Portal de Inscrições e certificado de participação em atividades de extensão

Inscrições e certificado de participação:

  1. Para inscrever-se no evento, clique no botão de inscriçõeson-line: você será direcionado ao processo de inscrição correspondente no Portal de Inscrições. A partir disso, siga os passos indicados na página.
  2. O certificado de participação é gratuito e pode ser impresso 14 (catorze) úteis após a realização do evento, por meio do Portal de Inscrições da Univates: clique no botão de inscrições acima e escolha o sistema – Portal de Inscrições ou Sistema de Eventos –, de acordo com a data do evento do qual você busca o certificado. Eventos que ocorrem em mais de uma data terão seus certificados liberados 14 (catorze) úteis após o último dia de atividades.
  3. Não esqueça de assinar a lista de presenças e/ou efetuar o registro de presençaonline, apresentando seu Cartão Institucional na entrada do evento, em todas as atividades nas quais você participar.
  4. O registro de presenças se encerra, para eventos que ocorrem nos auditórios da Univates, 45 minutos após o horário previsto para o início do evento.
  5. Alunos da Univates devem levar seu Cartão Institucional para registrar sua presença.

Em caso de dúvidas sobre o Portal de Inscrições e certificados, contate o Setor de Cultura e Eventos da Univates pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5944 ou e-mail abaixo.

 

Fonte: Univates

Eu sou Leandro Martins tenho 37 anos de idade e uma ficha enorme na prisão estou 16 ano sofrendo tudo porque não sabia que era doente não admitia que tinha uma doença e não sabia que tinha cura mais tem tratamento.

E hagora eu fiquei sabendo estava numa areia movediça estava so com (…) de fora quando um serumano que viu que eu estava morrendo lentamente e ali pegou pela mão e puchou para fora daquela areia me deu uma chanse para mim e ali eu vi que presizava de ajuda e fui para o projeto e hoje estou um ano e meio limpo hoje devo a minha recuperação estou vivo e vi que eu podia viver uma vida sem droga. No fim do ano passado eu passei o meu primeiro ano limpo hoje me sinto muito bem estou levando a minha vida sem droga e no dia da carmela ela junto com o tiago e o joao eles me mostrarão que era so eu querer que eu conseguia ficar limpo logo depois eu fui para no N.A ali eu vi pessoa qu estava limpo e ai eu conheci uma vida sem droga era eu dizer que eu tenho uma doença que não tinha cura mais tinha tratamento que eu tinha que aplicar os dozes passos e essas pessoas me ensinarão a viver uma vida que hoje eu posso dizer para mim mesmo fazer os dozes passos. Eu fiquei um ano e meio no projeto. Hoje estou no outro lugar no lugar onde todos nós dizião que e diferente todos tinham razão no fundo mais quando essa pessoa esta forte no tratamento e bem forte mesmo convivendo com pessoas que estão no mundo dos loucos tem que estar bem forte não cai mais nessa antiga vida dos loucos. Antes de chegar lá no projeto eu estava louco eu dansava essa dança muito louca. Estou aqui nesse lugar mais deusa está comigo sempre e sempre teve so que eu não sabia.

Tem uma fraze que dis assim, nunca mostre seu problema a seu deus mais dis a seu problema o tamanho do seu deus e assim estou vivendo mais uma chanse que ele me deu. Hoje eu vivo os dozes passos e quando eu pensar no só por hoje com certeza vou viver uma vida melhor sem droga não volto mais para esse lugar.

Carmela ve se você fala com alguém para eu participar do aniversario do projeto, eu ia ficar muito feliz de poder dizer como e aqui no fundo.

Carmela eu sai daqui pezando 50 kilos e volte bem gordo aqui todos vião, como eu era louco e voltei bem forte pergunto para mim a onde eu estava, estão com vontade de ir para esse lugar que me fez muito bem.

Carmela vou deixar umas palavras para todos amigos que deixei ai no projeto uma coisa que eu aprendi aqui nesse lugar q voutei bem forte. Nem todos os dias são igausi você mesmo e quem constrói o seu se ele vai ser bom ou ruim so depende de você…

O direito a liberdade e para todos procure sua liberdade em si mesmo liberte seus pensamentos mais positivos que puder chama a sua liberdade liberte não se prenda a sentimentos impuros como o ódio egoísmo e ganancia e a vingança liberte se hoje mesmo e com certeza você teras sim um futuro melhor fora deste lugar.

Quem inventou a distância não sabia oque era uma saudade.

Aqueles terríveis sentimentos de medo, de desespero de raiva e de ressentimento. Foram sendo lentamente substituídos dentro de mim por esperança, por fé no meu poder superior, por compreensão, e por aceitação.

A sím eu deixo minha mensage positiva para todos meus amigos e um abraço bem apertado fiquem com deus. Torso por vocês que vocês torse por mim.

Leandro Martins

Projeto Direito no Cárcere concorre ao Prêmio do Instituto Innovare

No dia 18 de julho, o Projeto Direito no Cárcere recebeu a visita do advogado sócio na empresa Cabanellos Schuh Advogados Associados, fiscal do Instituto Innovare, Renato Belloli.

O objetivo da visita foi verificar as instalações, bem como, entrevistar os detentos participantes das atividades que ministramos para elaboração de Relatório de Avaliação do Innovare o qual irá indicar ou não o projeto Direito no Cárcere para ser um dos finalistas o Prêmio Innovare.

Feliz com a notícia? Vamos compartilhar e fazer com que a prática Direito no Cárcere seja uma das finalistas do Prêmio Innovare – a qual concorre pelas Categorias Advocacia e Especial!

Na foto Carlos Alexandre um dos integrantes mais antigos entrega para Renato o Dossiê Direito no Cárcere, contendo informações, depoimentos, matérias em jornais e láureas recebidas!

 

10338605_681271741945634_7779428996041055140_o

 

SONY DSC
Paulo Dionísio e Banda Lírica Rocha

Numa parceria que se consolida a cada atividade, o projeto Direito no Cárcere desenvolvido no Presídio Central de Porto Alegre, coordenado pela advogada e editora do Jornal Estado de Direito, Carmela Grune, uma vez por mês com apoio da Associação Cultural Reggae RS, fomenta a cultura reggae gaúcha apresentando artistas regionais visando o fortalecimento da cidadania cultural, a identidade democrática brasileira pelo direito, arte, neurociências e tecnologia. Agradecimento especial a Banda Lírica Rocha, Ras Sansão e Paulo Dionísio em nome da Associação Cultural Reggae RS!

[youtube id=”Dl1OJjCN50w” width=”620″ height=”360″]

 

Depoimento: “Experiências como essa nos fazem entrar em profunda reflexão. Quem somos, aonde estamos e para onde vamos. Muita positividade, muito bom poder levar uma mensagem boa aos irmãos!!! Sempre que há esperança, existe uma saída!!! Muito grato a todos que participaram!!! Obrigado ao CRIADOR pela dádiva de viver e compartilhar sentimentos bons através da música!!! Obrigado Associação Reggaers, CarMela Grüne, Paulo Dionísio e a todos que fazem parte desse magnífico projeto social chamado Direito no Cárcere!!”  Nando Rasta, Lírica Rocha