Roda Viva debate “A reforma trabalhista”

O Roda Viva recebe o deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), relator da reforma trabalhista na Câmara. Ele falará sobre as mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) em andamento no Congresso, além de outros assuntos.

Participam da bancada de entrevistadores Camilla Veras de Araújo Mota (repórter do jornal Valor Econômico), Gaudêncio Torquato (consultor político), Daniela Lima (editora da coluna Painel do jornal Folha de S.Paulo), Antonio Galvão Peres (professor e doutor em direito do trabalho) e Jorge Luiz Souto Maior (juiz do trabalho e professor da Faculdade de Direito da USP).

Assista:

 

Fonte: Roda Viva/Youtube

Foto: Alex Glaser Fotografia
Foto: Alex Glaser Fotografia

No dia 10 de março, das 12h30 às 16h30min, ocorrerá a realização do primeiro Sarau Poético e Literário Direito no Cárcere, na galeria 1 do Presídio Central de Porto Alegre.

A iniciativa tem a curadoria do jornalista Alex Glaser, integrante do Coletivo Cultural Manifesto Poesia uma associação de pessoas com o interesse em comum de devolver a poesia ao mundo. Nas palavras do poeta Ferreira Gullar “A arte existe porque a vida não basta”.

Desde outubro de 2015 atuam pintando muros, ocupando praças, colorindo comunidades com poesia, saraus e intervenções artísticas. “A poesia é uma arma carregada de futuro”, como sugere o poeta espanhol Gabriel Celaya, e é com ela que pretendem contribuir para a construção de um mundo melhor.

As principais ações tem sido os saraus realizados em Novo Hamburgo, Porto Alegre e proximidades, onde nos propõem a apresentar artistas da cena cultural da região.

Músicos, escritores, atores, palhaços e bailarinas têm passado pelo nosso palco e compartilhando, além da sua arte, um pouco da sua experiência e da sua trajetória artística.

Foto: Alex Glaser Fotografia
Foto: Alex Glaser Fotografia

Participantes dessa edição:

  • Alex Fabiano Glaser de Andrade – 44 anos, fotógrafo e jornalista, militante cultural e ativista político;
  • Ana Katia Abrahão de Oliveira – 36 anos, mãe, poetisa e militante voluntaria em defesa das minorias;
  • Barbara Marques – Advogada;
  • Camila Peres Fleck – 26 anos, artesã, poetisa, defensora de uma sociedade mais igualitária;
  • Claudio Roberto Pagno da Costa – Ativista;
  • Daiana Santos de Sena – 22 anos, estudante de artes visuais. Tem seu trabalho artistico com a temática feminismo e igualdade de gênero, pesquisadora e escritora independente;
  • Gilvan Leonardo Müller – 34 anos, poeta, apresentador, sociólogo, professor e produtor cultural;
  • Gustavo Moura de Oliveira – 28 anos, estudante, ativista da Economia Solidária, produtor cultural independente;
  • Juliana Lisiane Vestfahl – 31 anos, poetisa, professora e militante cultural;
  • Leonardo Sebastián Sosa Acevedo – 37 anos, Compositor de canções nascido em Montevidéu e criado na fronteira com RS;
  • Said Lucas de Oliveira Salomón – 27 anos, licenciado em História e poeta. Atualmente cursando o Mestrando Profissional em Ensino de História da UFRGS;
  • Sergio Cutin – Médico;
  • Thiago Góes Cavalcanti de Araújo – Defensor Público;
  • Vinícius Miguel de Souza – 20 anos, rapper desde os 17 anos, trabalha com o nome artístico de Bode V;
  • Viviane Zarembski Braga – 33 anos, professora de filosofia, poetisa, doutoranda em filosofia na UNISINOS.
Foto: Alex Glaser Fotografia
Foto: Alex Glaser Fotografia

Contamos com a sua presença!!!

Carmela Grune recebeu das mãos do Governador do Estado do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, o Prêmio Diversidade RS pelo trabalho desenvolvido na promoção da Cultura dos Direitos Humanos frente ao Jornal Estado de Direito através de ações reflexivas e práticas de Direitos Humanos. Entre as ações está o periódico  que é distribuído gratuitamente, em 20 Estados brasileiros, palestras gratuitas pelos projetos Desmitificando o Direito, Direito no Cárcere, Ciclo de Estudos Jurídicos Estado de Direito.

Sobre o I Prêmio Diversidade RS  – Uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Diretoria de Cidadania e Diversidade Cultural, e foi organizado em seis categorias: cultura dos Direitos Humanos, culturas populares, cultura negra, capoeira, hip hop e carnaval de rua. Pelos grupos, foram selecionadas 44 personalidades, coletivos e projetos, que receberão a premiação de R$ 4 mil, troféu e certificado. O objetivo é promover o acesso à democratização dos recursos públicos via editais, além de contribuir para o mapeamento e a construção de indicadores. Redação SECOM.

foto

foto 2

 

SONY DSC
Paulo Dionísio e Banda Lírica Rocha

Numa parceria que se consolida a cada atividade, o projeto Direito no Cárcere desenvolvido no Presídio Central de Porto Alegre, coordenado pela advogada e editora do Jornal Estado de Direito, Carmela Grune, uma vez por mês com apoio da Associação Cultural Reggae RS, fomenta a cultura reggae gaúcha apresentando artistas regionais visando o fortalecimento da cidadania cultural, a identidade democrática brasileira pelo direito, arte, neurociências e tecnologia. Agradecimento especial a Banda Lírica Rocha, Ras Sansão e Paulo Dionísio em nome da Associação Cultural Reggae RS!

[youtube id=”Dl1OJjCN50w” width=”620″ height=”360″]

 

Depoimento: “Experiências como essa nos fazem entrar em profunda reflexão. Quem somos, aonde estamos e para onde vamos. Muita positividade, muito bom poder levar uma mensagem boa aos irmãos!!! Sempre que há esperança, existe uma saída!!! Muito grato a todos que participaram!!! Obrigado ao CRIADOR pela dádiva de viver e compartilhar sentimentos bons através da música!!! Obrigado Associação Reggaers, CarMela Grüne, Paulo Dionísio e a todos que fazem parte desse magnífico projeto social chamado Direito no Cárcere!!”  Nando Rasta, Lírica Rocha