Carmela Grüne participa do Seminários à Hora do Almoço em Portugal abordando “Políticas de Anti-Direitos Humanos no Brasil”

 

A convite do professor historiador José Eduardo Franco, Catedrático  da Universidade Aberta e  Diretor Adjunto do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, a advogada e ativista dos Direitos Humanos Carmela Grüne participou no dia 12 de abril, entre 13h e 14h, em Lisboa,  do Seminários à Hora do Almoço, abordando o tema “Políticas de AntiDireitos Humanos no Brasil: como fazer o contraponto a partir da participação cidadã”.

O evento decorreu na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, no âmbito de uma parceria entre o CLEPUL (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) e o Centro de Teoria e História do Direito (Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa).

Em breve será disponibilizado vídeo da atividade. Nas palavras de Grune:

“Conversar sobre AntiDireitos Humanos é importante para que as pessoas se dêem conta das práticas governamentais que vão na contramão da história, deixando de observar garantias mínimas a dignidade humana seja na promoção do trabalho, do meio ambiente, da segurança pública e da educação. Agradeço pela oportunidade concedida aos professores José Eduardo Franco, Eduardo Vera-Cruz Pinto, Raimundo Neto e as professoras Cristiana Lucas  e Susana Alves, sou sempre muito bem recebida na Universidade de Lisboa.”

 

Lembrando para receber em primeira mão as notícias e artigos do site Carmela Grune, envie pelo WhatsApp uma mensagem para 51 999 131398 com a sigla CG e seu nome que realizaremo o cadastro na lista de transmissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.