20 de November de 2017
Carmela Grune

Lançamento do livro Direito no Cinema Brasileiro

No dia 20 de novembro, às 19h, no Carpe Diem, CLS 104, Bloco D, 104 Sul, em Brasília, acontece o lançamento do livro Direito no Cinema Brasileiro, organizado pela diretora presidente do jornal Estado de Direito e fundadora do projeto Direito no Cárcere, Carmela Grüne.

Nas palavras da organizadora Grüne “Direito no Cinema Brasileiro eleva o legado de diversos cineastas, professores e pesquisadores que defendem uma nova compreensão da realidade, transdisciplinarizando o saber, com uma considerável experiência, que torna conceitos complexos e áridos mais acessíveis. Reforça a necessidade de persistir em pensar e produzir um Direito fora dos códigos, retratado no cotidiano, capaz de despertar interesse pelas situações antes despercebidas para a transformação positiva da vida em sociedade”.

Os artigos se propõem a contribuir com uma nova forma de ver os direitos que precisam de vazão e também reforçar o papel da cultura no enfrentamento à naturalização do preconceito e da discriminação social. Entre os filmes analisados estão: Bendito fruto; Cidade de Deus; Em defesa da família; Esta noite encarnarei no seu cadáver; O Alienista; A cortina de fumaça; Tropa de Elite; O prisioneiro da grade de ferro; Doméstica; Você nunca disse “eu te amo” e Terra Vermelha. Para representar o olhar de quem faz cinema Carmela Grüne entrevista o cineasta, Diretor da Panda Filmes, Beto Rodrigues.

A obra tem o prefácio de José Geraldo de Sousa Junior, professor da Faculdade de Direito e coordenador do projeto “Direito Achado na Rua” na Universidade de Brasília, onde também foi Reitor e apresentação do professor Paulo Ferreira da Cunha, Catedrático da Faculdade de Direito da Universidade do Porto e Membro do Comité ad hoc para o Tribunal Constitucional Internacional.

Autores e Artigos que integram o livro:
1. Afonso Soares de Oliveira Sobrinho – “Bendito fruto”: Minorias, ética dialógica e dignidade da pessoa humana;
2. Álvaro de Azevedo Gonzaga e Maria Fernanda Borio – Cidade de Deus – Um retrato do Preconceito;
3. Beatrice Marinho Paulo – Em defesa da família – Uma análise jurídica e psicológica;
4. Carmela Grüne – O cinema a catarse do Direito: sensibilização dos sentidos para sentir;
5. Gisele Mascarelli Salgado – Esta noite encarnarei no seu cadáver: a arte sub judice nos filmes de Zé do Caixão;
6. José Luiz Quadros de Magalhães – O Alienista – Literatura, cinema, poder e ideologia;
7. Marcelo Semer – A cortina de fumaça do proibicionismo;
8. Marcus Vinicius A. B. de Matos – “Levanta os braços, olha pra mim e não faz porra nenhuma”: a guerra particular de Tropa de Elite como um dispositivo do Estado de Exceção;
9. Stéfanis Caiaffo – O prisioneiro da grade de ferro;
10. Synara Veras de Araújo – O filme Doméstica e a problemática regulamentação do trabalho doméstico no Brasil;
11. Tatiana Ribeiro de Souza – Você nunca disse “eu te amo”;
12. Tédney Moreira da Silva – Terra Vermelha: a realidade dos Guarani-Kaiowá.

No dia do lançamento estarão presentes Carmela Grüne, Tédney Moreira da Silva e José Geraldo de Sousa Junior.

Confirme presença pelo evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/154036775198578/
O pré-lançamento da obra já ocorre no site da Saraiva: https://www.saraiva.com.br/direito-no-cinema-brasileiro-988…

Mais informações: (51) 999 131398 e contato@estadodedireito.com.br

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Deixe seu comentário

*