16 de December de 2017
Carmela Grune

Projeto Direito no Cárcere programa atividades no Presídio Central

O projeto Direito no Cárcere completa cinco anos de atividades dia 19 de agosto, das 9h às 16h30, no Presídio Central de Porto Alegre. Na programação estão previstas atividades educacionais e artísticas com renomados juristas e ativistas brasileiros. As atividades são desenvolvidas para reduzir o impacto da dependência química. Na prática, diversas ações como palestras, oficina de composição, artes plásticas, literatura, fotografia e vídeo, além da prática esportiva são oferecidas aos apenados ligados ao projeto Direito no Cárcere. O projeto Direito no Cárcere já beneficiou 650 apenados.

“Abrimos uma janela importante de comunicação dessa população com a sociedade. É fundamental para o enfrentamento da violência a prática de políticas públicas para reduzir o discurso de intolerância, de preconceito e de ódio aos detentos. Quanto mais alimentamos esses sentimentos negativos pior é o retorno na vida em sociedade”, disse Carmela Grüne, coordenadora do evento.

As atividades educacionais e artísticas terão a participação do desembargador Rinez Trindade; o procurador de Justiça do MPRS Gilmar Bortolotto; o juiz da VEC Sidinei Brzuska; o juiz Corregedor Militar Jorge Luiz de Oliveira da Silva; o assessor do secretário da Educação do estado de São Paulo, Wilson Levy; a jornalista Carla Castro; a assistente social Raquel Zimmermann; ex-integrante do projeto Luz no Cárcere, Márcio Viana; o artista plástico Aloizio Pedersen; as estudantes Barbara Marques e Natacha R. Lopes Dutra e, como atração musical, a Banda Zamba Ben.

Os relatórios de prestação de contas estão disponíveis na internet no site www.estadodedireito.com.br“.

 

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Deixe seu comentário

*