11 de December de 2017
Carmela Grune

Desmitificando o Direito – “A Síndrome de Burnout como Consequência do Assédio Moral”

Realização: Jornal Estado de Direito e Escola de Educação Digital Estado de Direito

Tema: A Síndrome de Burnout como Consequência do Assédio Moral

Objetivos: É no ambiente de trabalho que vivenciamos parte relevante de nossas experiências. No entanto, algumas ocorrências tendem a transformá-lo em causa de sofrimento e transtornos. A palestra pretende realizar em entrelaçamento entre o fenômeno do assédio moral e a Síndrome de Burnout, de forma a demonstrar que a gravidade característica da Síndrome de Burnout acaba por despontar, em determinadas hipóteses, como consequência da prática do processo de assédio moral, em especial quando este é implementado de uma forma mais incisiva e prolongada.

Palestrante: Jorge Luiz de Oliveira da Silva, Juiz-Auditor da Justiça Militar Federal, professor da Pós-Graduação do IEPAT, Mestre em Direito Público e Evolução Social, Pós-Graduado em Docência Superior, Pós-Graduado em Direito Penal e Processual Penal, Pós-Graduado em Educação Cognitiva e Valores Éticos, autor dos livros “Assédio Moral no Ambiente de Trabalho” e “Estudos Criminológicos sobre a Violência Psicológica”.

 

Veja no YouTube.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Deixe seu comentário

*