25 de September de 2017
Carmela Grune

Direito no Cárcere celebra o aniversário de cinco anos de atuação no Presídio Central de Porto Alegre

logo-dnc
O projeto Direito no Cárcere, coordenado pela advogada e jornalista, Carmela Grüne, celebra o aniversário de cinco anos de atuação no Presídio Central de Porto Alegre. A iniciativa beneficiou mais de 650 detentos em tratamento de dependência química promovendo palestras, oficina de composição, artes plásticas, literatura, fotografia e vídeo, além da prática esportiva.
Na sua concepção inova por utilizar a tecnologia como ferramenta de inclusão social, desenvolvendo a primeira plataforma de expressão de detentos em regime fechado no Brasil, pelo YouTube/Vlogliberdade, Facebook.com/DireitonoCarcere e Blog Direito no Cárcere com a divulgação de vídeos, fotografias e textos dos detentos.
Para Carmela “abrimos uma janela importante de comunicação dessa população com a sociedade. É fundamental para o enfrentamento da violência a prática de políticas públicas para reduzir o discurso de intolerância, de preconceito e de ódio aos detentos, haja vista que quanto mais alimentamos esses sentimentos negativos pior é o retorno na vida em sociedade. Portanto é elementar a ampliação das iniciativas que desenvolvemos para redução da violência em Porto Alegre. Em 2015 assinamos convênio com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, através da VEPMA, o qual colabora muito para implementação das ações que organizamos investindo recursos financeiros. Todos os relatórios de prestação de contas estão disponíveis na internet no site www.estadodedireito.com.br”.
A celebração do aniversário de cinco anos do projeto Direito no Cárcere acontece no dia 19 de agosto, das 9h as 16h30min, apresentando uma programação repleta de atividades educacionais e artísticas com renomados juristas e ativistas brasileiros destacando a participação dos seguintes voluntários: Desembargador do TJRS Rinez Trindade, Procurador de Justiça do MPRS Gilmar Bortolotto, Juiz da VEC Sidinei Brzuska, Juiz-Auditor  Jorge Luiz de Oliveira da Silva, assessor do Secretário da Educação do Estado de São Paulo Wilson Levy, jornalista Carla Castro, a assistente social Raquel Zimmermann, Ex detento, empreendor, reciclador Rodrigo Sabiah, ex-integrante do projeto Luz no Cárcere Márcio Viana, artista plástico Aloizio Pedersen, estudantes Barbara Marques e Natacha R. Lopes Dutra. com a atração musical da Banda Zamba Ben.
O projeto Direito no Cárcere de julho a novembro está arrecadando recursos através de doação para promover em 2017: 1) a gravação do primeiro disco de música autoral dos detentos; 2) a oficina de pintura a ser ministrada pelo artista plástico Aloizio Pedersen com os detentos; 3) a pesquisa do impacto do projeto Direito no Cárcere na violência em Porto Alegre apresentando dados como reincidência dos detentos, retomada aos estudos, trabalhos, drogadição, bem como, formação de família. Interessados em colaborar na campanha de doação poderão acessar o site e encontrar as contrapartidas disponíveis por cada apoio: https://www.sympla.com.br/v-ciclo-de-estudos-direito-no-carcere__72019.
Contamos com a colaboração na divulgação. Um abraço, Carmela Grune
Mais informações: 51 3246-0242 e 51 9913 1398

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Deixe seu comentário

*