16 de December de 2017
Carmela Grune

Carta de Leandro Martins para o Projeto Direito no Cárcere

Eu sou Leandro Martins tenho 37 anos de idade e uma ficha enorme na prisão estou 16 ano sofrendo tudo porque não sabia que era doente não admitia que tinha uma doença e não sabia que tinha cura mais tem tratamento.

E hagora eu fiquei sabendo estava numa areia movediça estava so com (…) de fora quando um serumano que viu que eu estava morrendo lentamente e ali pegou pela mão e puchou para fora daquela areia me deu uma chanse para mim e ali eu vi que presizava de ajuda e fui para o projeto e hoje estou um ano e meio limpo hoje devo a minha recuperação estou vivo e vi que eu podia viver uma vida sem droga. No fim do ano passado eu passei o meu primeiro ano limpo hoje me sinto muito bem estou levando a minha vida sem droga e no dia da carmela ela junto com o tiago e o joao eles me mostrarão que era so eu querer que eu conseguia ficar limpo logo depois eu fui para no N.A ali eu vi pessoa qu estava limpo e ai eu conheci uma vida sem droga era eu dizer que eu tenho uma doença que não tinha cura mais tinha tratamento que eu tinha que aplicar os dozes passos e essas pessoas me ensinarão a viver uma vida que hoje eu posso dizer para mim mesmo fazer os dozes passos. Eu fiquei um ano e meio no projeto. Hoje estou no outro lugar no lugar onde todos nós dizião que e diferente todos tinham razão no fundo mais quando essa pessoa esta forte no tratamento e bem forte mesmo convivendo com pessoas que estão no mundo dos loucos tem que estar bem forte não cai mais nessa antiga vida dos loucos. Antes de chegar lá no projeto eu estava louco eu dansava essa dança muito louca. Estou aqui nesse lugar mais deusa está comigo sempre e sempre teve so que eu não sabia.

Tem uma fraze que dis assim, nunca mostre seu problema a seu deus mais dis a seu problema o tamanho do seu deus e assim estou vivendo mais uma chanse que ele me deu. Hoje eu vivo os dozes passos e quando eu pensar no só por hoje com certeza vou viver uma vida melhor sem droga não volto mais para esse lugar.

Carmela ve se você fala com alguém para eu participar do aniversario do projeto, eu ia ficar muito feliz de poder dizer como e aqui no fundo.

Carmela eu sai daqui pezando 50 kilos e volte bem gordo aqui todos vião, como eu era louco e voltei bem forte pergunto para mim a onde eu estava, estão com vontade de ir para esse lugar que me fez muito bem.

Carmela vou deixar umas palavras para todos amigos que deixei ai no projeto uma coisa que eu aprendi aqui nesse lugar q voutei bem forte. Nem todos os dias são igausi você mesmo e quem constrói o seu se ele vai ser bom ou ruim so depende de você…

O direito a liberdade e para todos procure sua liberdade em si mesmo liberte seus pensamentos mais positivos que puder chama a sua liberdade liberte não se prenda a sentimentos impuros como o ódio egoísmo e ganancia e a vingança liberte se hoje mesmo e com certeza você teras sim um futuro melhor fora deste lugar.

Quem inventou a distância não sabia oque era uma saudade.

Aqueles terríveis sentimentos de medo, de desespero de raiva e de ressentimento. Foram sendo lentamente substituídos dentro de mim por esperança, por fé no meu poder superior, por compreensão, e por aceitação.

A sím eu deixo minha mensage positiva para todos meus amigos e um abraço bem apertado fiquem com deus. Torso por vocês que vocês torse por mim.

Leandro Martins

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Deixe seu comentário

*